Haddad a Bolsonaro: esqueça Flávio e Trump, trabalhe um dia e faça algo pelo Amapá

Fernando Haddad criticou duramente a postura de Jair Bolsonaro, que ignora o estado de calamidade no Amapá, atingido por um blackout há quatro dias, mas foca todas suas energias nas eleições estadunidenses e no processo contra o seu filho Flávio Bolsonaro

Bolsonaro, Haddad, Trump, Flávio Bolsonaro
Bolsonaro, Haddad, Trump, Flávio Bolsonaro (Foto: Reuters | Divulgação | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT-SP) usou suas redes sociais para criticar duramente a postura de Jair Bolsonaro, que ignora o estado de calamidade no Amapá, devido ao blackout que atinge a população há quatro dias, mas foca todas suas energias nas eleições estadunidenses, com sua torcida declara para reeleição de Donald Trump, e também para proteger seu filho, o senador Flávio Bolsonaro, alvo de inquérito do Ministério Público do Rio de Janeiro. 

“Bolsonaro, esquece o Flávio e o Trump. Já eram. Faça alguma coisa pelo Amapá. Trabalhe um dia. Um dia.  Um dia”, cobrou Haddad. 

Bolsonaro está extremamente focado nas eleições dos EUA. Nos últimas dias, foram quatro postagens para falar sobre o tema. Nesta quinta-feira (5) ele ignorou conselho de assessores e disse que 'a esperança é a última que morre', sobre torcida por vitória de Trump.

Outra preocupação de Bolsonaro é seu filho Flávio. No última dia 20 de outubro, Jair Bolsonaro teve um acesso de raiva, em seu gabinete no Palácio do Planalto, chamando atenção até de funcionários que trabalhavam no local. Seu ataque ocorreu um dia depois do Ministério Público do Rio protocolar a denúncia contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso do pagamento de “rachadinhas”. Bolsonaro criticou os investigadores e, mais uma vez, disse que Flávio é perseguido por ser seu filho.

Enquanto isso, o Amapá entrou nesta sexta-feira (6) no 4º dia de apagão em 13 dos 16 municípios do estado. Quase 90% da população estão 60 horas sem energia elétrica e sofre as consequências da falta de energia. A informação é do portal G1. 

O gabinete de crise do governo federal lançou três planos para a recuperar o fornecimento de energia na quinta-feira (5), o que não ocorreu ainda. Segundo a reportagem, o apagão foi resultado de um incêndio em uma subestação de energia na capital, na noite de terça-feira (3).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247