Haddad: projeto que elegeu Bolsonaro em 2018 não se consolidou em base municipal

“O Governo Federal e o PSL não conseguiram consolidar uma base municipalista do projeto que o Bolsonaro representa", disse o ex-prefeito Fernando Haddad sobre o resultado das eleições municipais

Fernando Haddad e Jair Bolsonaro
Fernando Haddad e Jair Bolsonaro (Foto: Gustavo Bezerra | Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro, Fernando Haddad (PT), disse que o resultado das eleições deste ano aponta que o projeto eleitoral que elegeu Jair Bolsonaro em 2018 não conseguiu consolidar uma base municipalista no Brasil.  

“O Governo Federal e o PSL não conseguiram consolidar uma base municipalista do projeto que o Bolsonaro representa", disse Haddad nesta segunda-feira (16), de acordo com a reportagem do UOL.  

Para Haddad, o fato de Celso Russomanno (Republicanos) não passar para o segundo turno em São Paulo, e a forte rejeição à reeleição de Marcelo Crivella (Republicanos) no Rio de Janeiro servem de exemplos sobre o declínio da onda bolsonarista. 

"O fato de o Russomanno não ter ido para o segundo turno e de o Crivella ter uma taxa de reprovação elevadíssima no Rio de Janeiro (...) acho que é uma indicação de que não se enraizou do ponto de vista institucional o papel decisivo do Governo Federal nas eleições", avaliou. 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email