‘Hipster da Federal’ acredita que Dilma venceu por manipulação das urnas

"Eu prefiro crer que a manipulação das urnas foi o grande responsável por esse lastimável resultado", escreveu em 2014 no Facebook, logo após a vitória de Dilma Rousseff, o jovem agente da Polícia Federal Lucas Valença, que hoje ficou famoso na internet após ter escoltado Eduardo Cunha; "Aquelas mesmas urnas que não são utilizadas nos países mais desenvolvidos do mundo (por que será que nisso o Brasil seria muito melhor?)", continuou o agora conhecido nas redes como "lenhador da federal"

"Eu prefiro crer que a manipulação das urnas foi o grande responsável por esse lastimável resultado", escreveu em 2014 no Facebook, logo após a vitória de Dilma Rousseff, o jovem agente da Polícia Federal Lucas Valença, que hoje ficou famoso na internet após ter escoltado Eduardo Cunha; "Aquelas mesmas urnas que não são utilizadas nos países mais desenvolvidos do mundo (por que será que nisso o Brasil seria muito melhor?)", continuou o agora conhecido nas redes como "lenhador da federal"
"Eu prefiro crer que a manipulação das urnas foi o grande responsável por esse lastimável resultado", escreveu em 2014 no Facebook, logo após a vitória de Dilma Rousseff, o jovem agente da Polícia Federal Lucas Valença, que hoje ficou famoso na internet após ter escoltado Eduardo Cunha; "Aquelas mesmas urnas que não são utilizadas nos países mais desenvolvidos do mundo (por que será que nisso o Brasil seria muito melhor?)", continuou o agora conhecido nas redes como "lenhador da federal" (Foto: Gisele Federicce)

247 - Já com vários apelidos desde que escoltou Eduardo Cunha durante sua prisão, o jovem agente da Polícia Federal Lucas Valença, de 30 anos, teve seus perfis nas redes sociais visitados por muito mais usuários, do Brasil todo, do que o comum nesta quarta-feira 19.

E a internet descobriu que o "samurai da federal", o "hipster da federal" ou o "lenhador da federal" que levava Cunha atribuiu a vitória de Dilma Rousseff nas eleições de 2014 à manipulação das urnas eletrônicas.

Valença, que fez sucesso com fotos de coque de samurai nas redes, como o usado hoje ao lado de Cunha, não acreditou que a população brasileira reelegeu Dilma. "Eu prefiro crer que a manipulação das urnas foi o grande responsável por esse lastimável resultado", escreveu após a eleição.

"Aquelas mesmas urnas que não são utilizadas nos países mais desenvolvidos do mundo (por que será que nisso o Brasil seria muito melhor?)", continuou o agente da PF.

Antes mesmo da vitória de Dilma, em fevereiro de 2014, ele havia compartilhado uma petição do site Avaaz pela saída da petista. "Não sei quem foram os felas que a colocaram lá! Mas faço questão de fazer parte de quem vai tirar!", postou na ocasião.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247