Homem denuncia irmã por participação em ato golpista: “gostaria que ela fosse presa”

Ela havia viajado de uma cidade na serra gaúcha à capital federal para participar de atos golpistas

www.brasil247.com - Forças de segurança diante de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro em Brasília
Forças de segurança diante de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro em Brasília (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)


247 - O servidor público Marcelo (nome fictício), 41, surpreendeu-se quando, no 8/1, recebeu uma chamada de vídeo da irmã, de 49, do saguão de um dos prédios invadidos dos Três Poderes, em Brasília. As informações são do portal UOL.

Ela havia viajado de uma cidade na serra gaúcha à capital federal para participar de atos terroristas bolsonaristas na capital federal. 

"Como tenho perfil legalista, gostaria que minha irmã fosse de fato presa e indiciada. Só temo pela saúde emocional da nossa mãe. Quando ela soube que denunciei, ficou apavorada, sem saber o que vai acontecer. Mas eu disse: 'vamos aguardar'", disse Marcelo. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247