Hospital referência de coronavírus do AM colapsou, revela funcionário

A capital do Amazonas é a única cidade com UTI do maior estado do país, com um território um pouco maior do que a soma das regiões Sul e Sudeste.

Familiares e amigos de idosa morta por coronavírus se lamentam em cemitério de Manaus (AM) 
04/04/2020
REUTERS/Bruno Kelly
Familiares e amigos de idosa morta por coronavírus se lamentam em cemitério de Manaus (AM) 04/04/2020 REUTERS/Bruno Kelly (Foto: BRUNO KELLY)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247  - A UTI e a sala de emergência lotados, duas mortes e a família de uma idosa orientada a levá-la para morrer em casa. O relato, feito ao longo da madrugada desta sexta-feira (10), é de um dos trabalhadores de plantão no hospital Delphina Aziz, a unidade de referência para o novo coronavírus no Amazonas. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

Segundo ele, é a primeira vez que o hospital na zona norte de Manaus, reservado apenas para casos de Covid-19, entra em colapso. Com a taxa de incidência de coronavírus mais alta do país (19,1 por 100 mil habitantes), o Amazonas é uma das cinco unidades da federação com indícios de transição para a fase de aceleração descontrolada de casos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247