Indústria da delação da Lava Jato também contou com dinheiro de delatores

A operação Lava Jato amarga não apenas seu pior momento, mas uma situação generalizada de denúncias acerca de seus protocolos pouco republicanos; a nova denúncia diz respeito à indústria da delação. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, delatores conseguiram alívio em suas penas ao pagar multas maiores, acima dos valores exigidos inicialmente para assegurar reparação de danos; documentos dos processos judiciais e relatos de delatores e advogados deixam entender que o dinheiro foi determinante para a confecção das penas

Indústria da delação da Lava Jato também contou com dinheiro de delatores
Indústria da delação da Lava Jato também contou com dinheiro de delatores (Foto: RENATO COSTA )

247 - A operação Lava Jato amarga não apenas seu pior momento, mas uma situação generalizada de denúncias acerca de seus protocolos pouco republicanos. A nova denúncia diz respeito à indústria da delação. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, delatores conseguiram alívio em suas penas ao pagar multas maiores, acima dos valores exigidos inicialmente para assegurar reparação de danos. Documentos dos processos judiciais e relatos de delatores e advogados deixam entender que o dinheiro foi determinante para a confecção das penas. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo informa que "cinco anos após o início da operação, deflagrada por uma ação da Polícia Federal em 17 de março de 2014, as condições estabelecidas nos acordos negociados com a maioria dos delatores da Lava Jato são mantidas sob sigilo pelos procuradores na linha de frente do caso e pelos juízes responsáveis pelos processos. Eles argumentam que isso é necessário para não prejudicar investigações em andamento e preservar informações que dizem respeito à intimidade dos delatores, como seu patrimônio e as condições de cumprimento das penas estabelecidas pelos acordos."

A matéria também destaca que "ao examinar processos iniciados no Paraná e no Rio, a Folha encontrou informações detalhadas sobre 100 colaboradores da Lava Jato, incluindo a íntegra dos termos que descrevem os regimes de cumprimento das penas e a forma de pagamento das multas. A Procuradoria da República no Paraná contabiliza 183 acordos assinados desde o início da Lava Jato. Outros 35 foram fechados no Rio. Eles deram enorme impulso às investigações dos esquemas de corrupção descobertos na Petrobras e em outras estatais."

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247