Insatisfeitos com Bolsonaro, caminhoneiros já falam em greve

Mensagens trocadas em grupos da categoria mostram que parte dos caminhoneiros acredita que medidas anunciadas por Jair Bolsonaro seria cortina de fumaça para protelar greve; uma das lideranças dos profissionais autônomos, Wallace Costa Landim, conhecido como Chorão, disse que a medida agradava a categoria e que poderia até evitar uma greve, mas que espera posição do presidente para se posicionar

Insatisfeitos com Bolsonaro, caminhoneiros já falam em greve
Insatisfeitos com Bolsonaro, caminhoneiros já falam em greve

247 - Mais uma crise pode atingir o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Os caminhoneiros, insatisfeitos com a medidas anunciadas pelo governo nesta terça-feira (16), chegam a falar em greve contra a "cortina de fumaça" de Bolsonaro para protelar uma paralisação da categoria.

De acordo com reportagem do Estado de S. Paulo, mensagens trocadas em grupos de Whatsapp com líder da categoria, mostram que medidas como linha de crédito para manutenção do caminhão, com taxas menores já havia sido testado anteriormente, sem sucesso.

"Estão dando a corda para gente se enforcar", disse um dos caminhoneiros, em mensagem no grupo.

Uma das lideranças dos profissionais autônomos, Wallace Costa Landim, conhecido como Chorão, disse que a medida agradava a categoria e que poderia até evitar uma greve, mas que espera uma posição de Bolsonaro antes de se posicionar.

"Inicialmente, claro que o pacote agrada, mas preferimos aguardar o que o presidente vai falar para comunicar oficialmente o posicionamento dos caminhoneiros", disse.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247