Jandira rebate Bolsonaro sobre decreto de armas: o que pesou foi o mercado

"Uma promessa de campanha que vai contra a opinião da sociedade e faz disparar as ações da empresa Taurus", afirma a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) ao comentar o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza o porte de armas no país; ela lembra que recente pesquisa do Datafolha aponta que 61% dos brasileiros querem a proibição do posse de arma

Jandira rebate Bolsonaro sobre decreto de armas: o que pesou foi o mercado
Jandira rebate Bolsonaro sobre decreto de armas: o que pesou foi o mercado (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

247 - A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) rebateu o presidente Jair Bolsonaro (PSL), que disse durante assinatura do decreto que flexibiliza o porte de armas, que "o povo decidiu por comprar armas e munições".

"Uma promessa de campanha que vai contra a opinião da sociedade e faz disparar as ações da empresa Taurus", afirma a deputada comunista. Ela cita pesquisa recente do Datafolha que apontou que 61% dos brasileiros querem a proibição do posse de arma.

"Mas o que pesou foi o mercado mesmo. A cara deste governo", enfatizou Jandira.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247