Janine: Bolsonaro propõe educação sem escola, sem merenda e sem uniforme

"Conhece alguém que tem filhos pequenos? ou que quer ter filhos? Então lhe explique que o deputado Bolsonaro quer que haja educação a distância a partir do ensino fundamental.  Isto é, dos 6 anos de idade. Esta explicação é muito importante, para possíveis simpatizantes do deputado Bolsonaro verem o que um governo dele vai trazer, para quem tem crianças em idade escolar", diz o ex-ministro Renato Janine Ribeiro. "Não há mais escola, como lugar aonde as crianças e adolescentes vão. Não haverá mais professora, professor, em contato direto com seu filho"

www.brasil247.com - Janine: Bolsonaro propõe educação sem escola, sem merenda e sem uniforme
Janine: Bolsonaro propõe educação sem escola, sem merenda e sem uniforme
Siga o Brasil 247 no Google News

Por Renato Janine Ribeiro, em seu facebook Conhece alguém que tem filhos pequenos? ou que quer ter filhos? Então lhe explique que o deputado Bolsonaro quer que haja educação a distância a partir do ensino fundamental.  Isto é, dos 6 anos de idade. Esta explicação é muito importante, para possíveis simpatizantes do deputado Bolsonaro verem o que um governo dele vai trazer, para quem tem crianças em idade escolar.

Sabe o que é educação a distância? 
Não há mais 
- uniforme
- calçado
- merenda.

Não há mais escola, como lugar aonde as crianças e adolescentes vão.

Não haverá mais professora, professor, em contato direto com seu filho.

PUBLICIDADE

Na educação a distância, as crianças ficarão diante de uma TV, assistindo a aulas. Irão sim, talvez uma vez por semana, a um pólo presencial, como se fosse uma escola, mas que não é uma escola porque é só um dia por semana. E serão atendidas não por um professor da classe delas, mas por um monitor, que atenderá a muitas crianças.
(Educação a distância é boa para adultos, para gente mais velha, não para crianças e adolescentes).

Pergunta: as crianças vão ficar ligadas na aula pela TV? Vão ficar quietas? Claro que não.

Vão precisar de alguém olhando, supervisionando.

PUBLICIDADE

A mãe vai poder sair, para trabalhar? Não. Alguém vai ter que ficar com a criança. Geralmente a mãe, às vezes o pai, talvez um irmão, ou então vai pagar uma empregada ou vizinha.

Quem tem dinheiro para isso? Para tratar uma empregada, uma vizinha ou para deixar de trabalhar?

Ah, e mais um detalhe: a equipe dele disse que seu Ministro da Educação será um importante empresário da educação a distância, Stavros Xanthopoylos. Portanto, ele vai querer mesmo educação a distância para crianças. Pode ser um bom negócio, mas não para elas. Ou para as mães e os pais.

PUBLICIDADE

Os links das declarações do deputado estão aqui:

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/10/bolsonaro-ja-tem-nove-nomes-para-ministerios-em-eventual-governo.shtml

https://oglobo.globo.com/brasil/bolsonaro-defende-educacao-distancia-desde-ensino-fundamental-22957843

PUBLICIDADE

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/08/bolsonaro-propoe-ensino-a-distancia-para-combater-marxismo-e-reduzir-custos.shtml


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email