Jânio de Freitas vê sinais de risco para a democracia

O jornalista Jânio de Freitas comenta neste domingo (26), e artigo na Folha de S.Paulo os riscos que a democracia enfrenta no país sob a vigência do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro

Jânio de Freitas vê sinais de risco para a democracia
Jânio de Freitas vê sinais de risco para a democracia (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Jânio de Freitas comenta neste domingo (26), e artigo na Folha de S.Paulo os riscos que a democracia enfrenta no país sob a vigência do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro.

"Bolsonaro é adepto confesso de ditadura. Os contatos que seus emissários têm buscado, no exterior, são com os governantes opressores, na Hungria, na Polônia, na Itália, em Israel. Não é à toa, claro. Tanto pode ser para uma rede de apoios mútuos do direitismo extremado, como —o mais provável— para coleta de vitoriosos modelos de avanço sobre o Legislativo e o Judiciário" - comenta o jornalista.

No artigo, o jornalista comenta as dificuldades do quadro político, considerando a hostilidade do govberno com o Congresso: "Não falta quem esteja atento, na Câmara e no Senado brasileiros, para os atos de desgaste que Bolsonaro lhes dirige. Agora adotados também por Paulo Guedes, com sua ameaça, recebida como chantagem política, de deixar o governo se a "reforma" da Previdência não sair do Congresso ao seu agrado. O provável é que Paulo Guedes se surpreenda com a resposta prática à ameaça".

Leia a íntegra

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247