Janot deve mandar inquéritos da Odebrecht na segunda ao STF

Fontes em Brasília dão conta de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pretende mandar os inquéritos com base nas 78 delações de executivos da Odebrecht ao Supremo Tribunal Federal na próxima segunda-feira 13; o conteúdo só se tornará público se o relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, suspender o sigilo das delações

18/03/2015- Brasília- DF, Brasil- Entrevista coletiva do procurador-geral, Rodrigo Janot (dir.) e com o procurador-geral da Suiça, Michael Lauber, sobre as investigações da Operação Lava Jato, em Brasília.
18/03/2015- Brasília- DF, Brasil- Entrevista coletiva do procurador-geral, Rodrigo Janot (dir.) e com o procurador-geral da Suiça, Michael Lauber, sobre as investigações da Operação Lava Jato, em Brasília. (Foto: Gisele Federicce)

247 - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pretende mandar na próxima segunda-feira 13 ao Supremo Tribunal Federal os inquéritos com base nas 78 delações de executivos da Odebrecht, segundo fontes em Brasília.

O conteúdo só se tornará público se o relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, suspender o sigilo das delações. Conforme aponta reportagem do blog de Fausto Macedo, devido à extensão do material, Fachin pode demorar dias para se pronunciar com uma posição.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247