Jefferson diz que Barbosa virou um "estandarte"

Dois dias depois de seus advogados pedirem, em recurso apresentado ao Supremo Tribunal Federal, para que o ministro Joaquim Barbosa deixe a relatoria da Ação Penal 470, ex-deputado Roberto Jefferson critica declarações do presidente do STF na Costa Rica; "O ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF, estava na Costa Rica empunhando uma bandeira e quatro pedras (...) É realmente estranho ver um juiz transformado em estandarte", escreveu o presidente do PTB em seu blog

Jefferson diz que Barbosa virou um "estandarte"
Jefferson diz que Barbosa virou um "estandarte" (Foto: Montagem 247)

247 - Depois de seus advogados pedirem que o ministro Joaquim Barbosa deixe a relatoria da Ação Penal 470, é a vez de o ex-deputado Roberto Jefferson mirar o presidente do Supremo Tribunal Federal. Em uma série de notas publicadas em seu blog, o presidente do PTB critica as declarações dadas pelo ministro durante viagem para conferência sobre liberdade de imprensa na Costa Rica. "O ministro Joaquim Barbosa, presidente do STF, estava na Costa Rica empunhando uma bandeira e quatro pedras", resumiu Jefferson na nota O juiz e sua bandeira.

Segundo o ex-deputado, Barbosa "discursou lá as críticas ferozes, e já muito criticadas, feitas por aqui". "Acusou o Brasil de ser um país impune para pessoas ricas, brancas ou com 'relações políticas', atacou novamente a suposta proximidade entre juízes e advogados e jogou pedra até no foro privilegiado, que o deixou relatar o processo do mensalão. Só que o evento era sobre liberdade de imprensa(?!). É realmente estranho ver um juiz transformado em estandarte", criticou.

"O presidente do STF tinha muita coisa a dizer sobre o processo do mensalão e sobre suas convicções pessoais em torno da maneira como o Judiciário é organizado, além de muitas críticas, ou ataques, a fazer contra aqueles que também trabalham por uma decisão justa ao invés de simplesmente condenatória. E assim, ganhou manchetes", diz Jefferson em outra nota.

A partir da próxima segunda-feira, Barbosa deve começar a dar encaminhamento aos recursos apresentados pelos 25 condenados na Ação Penal 470.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247