Jessé Souza: Bolsonaro é responsável pela “naturalização” das mortes causadas por Covid-19

"Em situações extremas, a função apaziguadora e o comportamento racional do líder máximo são decisivos. Nada nem ninguém o substitui. Os governadores têm muito menos poder de ação”, diz o sociólogo Jessé Souza

Jair Bolsonaro e covas para mortos por coronavírus
Jair Bolsonaro e covas para mortos por coronavírus (Foto: Agência Brasil | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Leonardo Miazzo, na Carta Capital - Os movimentos negacionistas que despertam a atenção em meio à pandemia do novo coronavírus representam um novo fenômeno e têm participação direta da extrema-direita dos Estados Unidos. A opinião é do sociólogo Jessé Souza, autor de livros como “A Elite do Atraso”, “A Classe Média no Espelho” e, mais recentemente, “A Guerra Contra o Brasil”.

“O objetivo é a formação de um novo consenso social e político abertamente reacionário, por meio precisamente da propagação da mentira como arma de guerra”, afirma o sociólogo em entrevista exclusiva a CartaCapital.

No âmbito nacional, Jessé avalia que o presidente Jair Bolsonaro é o principal responsável por um processo de “naturalização” dos números de mortes causadas por Covid-19.

“Em situações extremas, a função apaziguadora e o comportamento racional do líder máximo são decisivos. Nada nem ninguém o substitui. Os governadores têm muito menos poder de ação”, afirmou.

Leia a íntegra na Carta Capital. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247