José Padilha, que apoiou o golpe, prevê mais mortes com decreto de Bolsonaro

O cineasta José Padilha, um dos maiores incentivadores do golpe e apoiadores 'passivos' de Bolsonaro, afirmou que o decreto que libera a posse de armas de fogo vai aumentar a violência; segundo o cineasta, "pessoas que possuem armas de fogo em casa têm muito mais chance de sofrerem mortes violentas causadas por armas de fogo"; Padilha, que fugiu da violência brasileira e foi morar em Los Angeles, foi um dos artífices do recrudescimento do ódio no país, com artigos ressentidos, ataques à esquerda e incitação à vingança (com sua série stream repleta de distorções históricas, fracasso de audiência da Netflix)

José Padilha, que apoiou o golpe, prevê mais mortes com decreto de Bolsonaro
José Padilha, que apoiou o golpe, prevê mais mortes com decreto de Bolsonaro

247 - O cineasta José Padilha, um dos maiores incentivadores do golpe e apoiadores 'passivos' de Bolsonaro, afirmou que o decreto que libera a posse de armas de fogo vai aumentar a violência. Segundo o cineasta, "pessoas que possuem armas de fogo em casa têm muito mais chance de sofrerem mortes violentas causadas por armas de fogo". Padilha, que fugiu da violência brasileira e foi morar em Los Angeles, foi um dos artífices do recrudescimento do ódio no país, com artigos ressentidos, ataques à esquerda e incitação à vingança (com sua série stream repleta de distorções históricas, fracasso de audiência da Netflix).

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca trechos da fala de Padilha, colhidos pela jornalista Sonia Racy: "além disso, os dados mostram, e isto em todo mundo, que as regras de porte de arma devem variar em função do tipo de arma. Uma coisa é um sujeito ser legalmente capaz de comprar um revólver 32, outra é ele ser legalmente capaz de comprar uma AR-15... De modo que o debate precisa ir ao detalhe. Nos países em que armas de alto calibre que permitem tiros de repetição rápida são legais – isto vale para alguns Estados nos EUA –, as mortes por armas de fogo aumentam muito."

Padilha ainda disse: "parece-me que a ideia de flexibilizar o porte de armas e de diminuir impostos sobre a venda de armas no Brasil é muito ruim. Melhor investir em apreender as armas ilegais que estão com o tráfico e que são contrabandeadas do Paraguai. Menos armas é melhor do que mais armas."

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247