Jucá adverte contra atos de rebeldia dentro do PMDB

Líder do governo no Senado e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR) disse que a decisão do partido de fechar questão pela rejeição da autorização para que Temer seja processado será cumprida e que qualquer ato que entre em contradição com a decisão do partido "terá consequências", deixando implícita a expulsão dos rebeldes

juca
juca (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Às vésperas da votação na Câmara dos Deputados sobre a admissibilidade da denúncia de corrupção passiva feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Michel Temer, o líder do governo no Senado e presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR), disse que a decisão do partido de fechar questão pela rejeição da autorização para que Temer seja processado será cumprida e que qualquer ato que entre em contradição com a decisão do partido "terá consequências".

No mês passado, a Executiva do PMDB anunciou que havia fechado questão contra a admissibilidade da denúncia. Na prática, essa é uma decisão que obriga os parlamentares a votar de acordo com a orientação da legenda, sob penalidade até mesmo de expulsão do partido.

Com a decisão, o PMDB quer garantir o número de votos suficientes para barrar a investigação de Temer no Supremo Tribunal Federal (STF). Para que a processo seja aberto, a oposição precisa de 342 votos. O líder do governo no Senado afirmou não ter expectativa sobre a votação.

"Quem tem que botar 342 votos é a oposição. Quando nós precisamos botar 342 votos para tirar a Dilma [Rousseff], nós colocamos. Então, se quer tirar o Michel, [a oposição] tem a obrigação de botar 342 [votos]. Essa não é uma obrigação da base do governo", ressaltou Jucá.

As informações são de reportagem de Cristiane Bonfante e Edna Simão no Valor.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247