Juca Kfouri: 'Atlético-GO gosta de quem bate em mulher'

O jornalista Juca Kfouri lembra que o goleiro Jean, ex-São Paulo e contratado pelo Atlético-GO "esteve preso nos Estados Unidos por agredir a mãe de suas filhas em dezembro passado"

(Foto: Reprodução)

247 - O jornalista Juca Kfouri criticou a contração do goleiro Jean, ex-São Paulo, pelo Atlético-GO. Em comentário na CBN, o jornalista lembra que o atleta "esteve preso nos Estados Unios por agredir a mãe de suas filhas em dezembro passado". "Quem bate em mulher merece jogar futebol só na penitenciária". 

"O clube goiano não faz nenhuma questão de zelar por sua imagem. Basta dizer que é historicamente ligado ao bicheiro Carlinhos Cachoeira, ao notório ex-deputado Jovair Arantes (MDB-GO), e ao seu ex-presidente Maurício Sampaio, acusado de ser mandante do assassinato do jornalista esportivo Valério Luiz, em 2012, e até hoje escandalosamente sem julgamento", disse.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247