Juiz Luiz Antonio Bonat deve ocupar a vaga de Moro na Lava Jato

A vaga aberta por Sergio Moro na Operação Lava Jato já tem dono; o juiz Luiz Antonio Bonat, da 21.ª Vara Federal de Curitiba, se candidatou ao cargo que era do ex-juiz e atual ministro da Justiça; ele é o primeiro no ranking de antiguidade, critério para a escolha do substituto de Moro, entre todos os juízes federais que poderiam participar da seleção; com isso, Bonat irá tocar os processos da Operação Lava Jato na 13.ª Vara Federal de Curitiba

Juiz Luiz Antonio Bonat deve ocupar a vaga de Moro na Lava Jato
Juiz Luiz Antonio Bonat deve ocupar a vaga de Moro na Lava Jato (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A vaga aberta por Sergio Moro na Operação Lava Jato já tem dono. O juiz Luiz Antonio Bonat, da 21.ª Vara Federal de Curitiba, se candidatou ao cargo que era do ex-juiz e atual ministro da Justiça. Ele é o primeiro no ranking de antiguidade, critério para a escolha do substituto de Moro, entre todos os juízes federais que poderiam participar da seleção. Com isso, Bonat irá tocar os processos da Operação Lava Jato na 13.ª Vara Federal de Curitiba. A informação é do Jornal Gazeta do Povo.

A única chance de outro juiz assumir o posto é se Bonat desistir da vaga. As inscrições para ocupar a titularidade da 13.ª Vara se encerraram nesta segunda-feira (21). A data limite para desistência da candidatura é dia 24 de janeiro. A divulgação oficial do novo titular da Vara da Lava Jato só irá ocorrer na sexta-feira (25).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email