Juiz manda soltar fundador da Qualicorp e mais dois presos em operação que envolve José Serra

O juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas ordenou a soltura do fundador da Qualicorp, José Seripieri Filho, e de outras duas pessoas que tinham sido presas na última terça, 21, na operação que envolve o senador José Serra (PSDB-SP)

José Serra
José Serra (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Marco Antonio Martin Vargas, juiz eleitoral, determinou a soltura do fundador da Qualicorp, José Seripieri Filho. A medida se estende a outras duas pessoas também presas na última terça, 21, na operação que envolve o senador José Serra (PSDB-SP).

Reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “o magistrado de São Paulo aceitou também depósito caução de R$ 5 milhões proposto por Seripieri, quantia que, disse, garante eventual futura reparação de danos, e revogou o bloqueio de valores.”

A matéria ainda informa que “para Martin Vargas, a permanência da prisão não é mais imprescindível para o sucesso das investigações. O juiz afirmou os três suspeitos já foram interrogados e que os objetos a serem periciados já estão com a polícia, "não havendo qualquer risco de destruição ou ocultação".

Nota de Celso Vilardi, advogado de José Seripieri Filho:

O Juiz da Primeira Zona Eleitoral de São Paulo, Marco Antonio Martin Vargas, atendendo a um pedido da defesa, revogou a prisão temporária de José Seripieri Filho. Tratava-se de uma prisão injustificada. Menos mal que sua soltura tenha sido antecipada.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247