Juíza de Manaus nega segunda dose a quem furou fila da vacinação

247 - A juíza federal Maria Pinto Fraxe, de Manaus, proibiu que aqueles que furaram a fila da vacinação contra a Covid-19 recebam a segunda dose do imunizante.

A medida atinge inclusive a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe. “Somente por ser secretária de Saúde, não possui ela o direito à vacina se não estiver na linha de frente de combate à Covid-19. Visitar unidades de saúde não é estar na linha de frente”. A magistrada esclareceu que, apesar do sobrenome em comum, não tem parentesco com a secretária.

“Nenhum hospital privado recebeu a vacina e lá existem milhares de profissionais linhas de frente. Mais, até agora os profissionais do Samu, que transportam e realizem primeiros socorros a paciente-passageiros quase asfixiados e completamente contaminados não foram vacinados”, diz a decisão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio