Juíza estava impedindo liberdade de expressão

O desembargador Rogério Favreto disse ter concedido habeas corpus a Lula porque a juíza Carolina Moura Lebbos não analisou o pedido feito pela defesa de Lula para que ele fosse liberado para gravar vídeos com mensagens políticas na prisão; "A juíza estava impedindo a liberdade de expressão", afirmou; Na visão do juiz, Lula não teve os direitos políticos suspensos porque o petista ainda não foi julgado em todas as instâncias possíveis

Juíza estava impedindo liberdade de expressão
Juíza estava impedindo liberdade de expressão (Foto: Guilherme Santos/Sul21 | Reprodução)

247 - O desembargador Rogério Favreto disse em entrevista à Rádio Gaúcha ter concedido habeas corpus a Lula porque a juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, não analisou o pedido feito pela defesa de Lula para que ele fosse liberado para gravar vídeos com mensagens políticas na prisão, informa Cristiane Agostini, no Valor. "A juíza estava impedindo a liberdade de expressão", afirmou. Favreto disse ainda que para exercer plenamente seu direito de expressão Lula deveria ter também o direito de ir e vir. Na visão do juiz, Lula não teve os direitos políticos suspensos porque o petista ainda não foi julgado em todas as instâncias possíveis.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247