Julgamento de Lula machucará o Brasil de forma indelével, diz Amorim

"Poucas pessoas com a popularidade do Lula foram sujeitas a um julgamento assim. Esse episódio tem chance de passar como um dos maiores erros judiciários da história. A grande maioria da população continua dizendo que votaria nele. Será uma coisa que machucará o Brasil de forma indelével, independente do que acontecer", diz o ex-ministro

Julgamento de Lula machucará o Brasil de forma indelével, diz Amorim
Julgamento de Lula machucará o Brasil de forma indelével, diz Amorim (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O diplomata Celso Amorim, que foi ministro da Defesa de Dilma e das Relações Exteriores de Lula, destacou as consequências nefastas que o julgamento do ex-presidente Lula  terão para o Brasil.

"Vivemos um momento histórico, que será lembrado como um julgamento político como nunca houve. Poucas pessoas com a popularidade do Lula foram sujeitas a um julgamento assim. Esse episódio tem chance de passar como um dos maiores erros judiciários da história. A grande maioria da população continua dizendo que votaria nele. Será uma coisa que machucará o Brasil de forma indelével, independente do que acontecer. Não posso dar conselhos a juízes, mas tenho esperança de que haja um pouco de bom senso num exame mais frio, menos espetaculoso", afirmou, em declaração à Folha de S.Paulo.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247