Juliano Medeiros é reeleito presidente do PSOL

"O presidente reeleito terá a tarefa de conduzir a atuação do partido na campanha nacional #ForaBolsonaro e na preparação do PSOL para as eleições de 2022", diz a sigla

Juliano Medeiros
Juliano Medeiros (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

PSOL - O 7° Congresso Nacional do PSOL reelegeu o historiador e cientista político Juliano Medeiros como presidente nacional do partido na última votação do congresso que reuniu mais de 400 delegados e delegadas de todos os estados brasileiros.

O presidente reeleito terá a tarefa de conduzir a atuação do partido na campanha nacional #ForaBolsonaro, que luta pela derrubada imediata do governo de Jair Bolsonaro, e na preparação do PSOL para as eleições de 2022 e os desafios impostos ao partido de superar mais uma vez a cláusula de barreira e derrotar a extrema-direita e seu legado de ódio e destruição de direitos também nas urnas.

A chapa PSOL de Todas as Lutas obteve 228 votos e reconduziu Juliano Medeiros à presidência na votação que renovou a direção nacional do PSOL. O gaúcho de 36 anos foi reeleito depois de conduzir o partido desde o último congresso em 2017.

PUBLICIDADE

Neste período, o PSOL se consolidou como um dos principais polos de resistência ao governo Bolsonaro e ao avanço da extrema-direita brasileira. O partido aumentou sua bancada de deputados federais, sendo 9 atualmente e a única do país com maioria feminina, além de ter ampliado substancialmente suas bancadas em Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais.

Juliano Medeiros esteve à frente do partido em momentos cruciais nossa história no último período, como nas eleições municipais de 2020 em que o PSOL elegeu Edmilson Rodrigues à Prefeitura de Belém (PA) e teve Guilherme Boulos e Luiza Erundina chegando ao segundo turno em São Paulo (SP), maior cidade da América Latina. Atualmente o PSOL dirige 5 prefeituras no Brasil.

PUBLICIDADE

Em sua trajetória política, Juliano foi dirigente da União Nacional dos Estudantes (UNE) por duas gestões (2005-2007 e 2007-2009), já foi coordenador político da bancada de deputados federais do PSOL e também presidente da Fundação Lauro Campos e Marielle Franco (2015-2017). É graduado em História pela Universidade de Brasília (UnB), onde também cursou o mestrado no Programa de Pós-Graduação em História e o doutorado no Instituto de Ciência Política da UnB (Ipol/UNB).

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email