Jurista citado no TRF-4 diz que texto foi “totalmente descontextualizado”

A condenação do ex-presidente Lula no TRF-4 causou perplexidade até no jurista que escreveu o texto que desembargador João Pedro Gebran Neto citou no voto em que o magistrado condenou o petista; "O pior de tudo é ser citado no voto por meio de um texto meu totalmente descontextualizado", reagiu o advogado e professor de Direito da USP Alamiro Velludo Netto

Jurista citado no TRF-4 diz que texto foi “totalmente descontextualizado”
Jurista citado no TRF-4 diz que texto foi “totalmente descontextualizado”

247 - O professor de Direito da USP Alamiro Velludo Netto foi citado pelo desembargador João Pedro Gebran Neto no voto em que o magistrado condenou Lula. "O pior de tudo é ser citado no voto por meio de um texto meu totalmente descontextualizado", reagiu ele numa rede social.

No texto, o professor discorre sobre o julgamento do mensalão, em que não foi apontado ato de ofício preciso dos condenados. Ele, no entanto, é um crítico e acredita que a lei não permite que não seja identificado ato que vincule o acusado à benesse recebida.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247