Juristas pela Democracia cobram resposta do CNMP a violações de Deltan

"A avalanche de fatos gravíssimos atinge uma fase dramática e exige do órgão uma postura”, diz a Associação Juristas pela Democracia em nova representação ao CNMP em que pedem o afastamento imediato de Deltan Dallagnol e Thaméa Danelon

Thaméa Danelon e Deltan Dallagnol
Thaméa Danelon e Deltan Dallagnol (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) apresentou nessa quarta-feira, 18, nova representação ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) pedindo o afastamento imediato dos procuradores Deltan Dallagnol e Thaméa Danelon de investigações relacionadas à operação Lava Jato, e a instauração de processo administrativo disciplinar com aplicação das penalidades cabíveis.  

A representação se baseia nas informações reveladas pelo jornalista Reinaldo Azevedo (Band) em parceria com o The Intercept Brasil, mostrando que a procuradora Thaméa Danelon participou diretamente, e com aval de Deltan Dallagnol, da construção de pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes. 

A Associação insiste que o CNMP pare de arquivar os sucessivos pedidos de investigação que vêm sendo protocolados no órgão. “A atuação dos procuradores viola o que as prerrogativas funcionais e institucionais impõem ao cargo público. A avalanche de fatos gravíssimos atinge uma fase dramática e exige do órgão uma postura”, reforça.  

 Para a entidade de juristas, a ação demonstra que os procuradores agiam nas sombras ao pedirem segredo sobre o que faziam juntamente com advogado privado, com troca de informações que os integrantes do Ministério Público tinham acesso graças as suas funções.  

“Houve tentativa clara de atentar contra a atuação de um ministro do STF. Não há dúvida que se trata de ilícito de índole altamente dolosa, haja vista que se pretendia, em conluio, praticar algo vedado pela legislação ou pela moralidade administrativa”.  

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email