Justiça condena mãe de Geddel no caso das malas com R$ 51 milhões em dinheiro

Pena de Marluce Vieira Lima é de 10 anos de prisão; juiz afirma que ela tinha boas condições financeiras e, assim, não precisaria se envolver no caso

Malas de dinheiro no apartamento de Geddel
Malas de dinheiro no apartamento de Geddel (Foto: PF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fórum - A mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima, Marluce Vieira Lima, foi condenada a 10 anos de prisão por lavagem de dinheiro e associação criminosa. O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira,  do Distrito Federal, a considerou culpada por envolvimento na ocultação de R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador, em 2017. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (3).

[...]

Durante a operação Cui Bono, em setembro de 2017, a Polícia Federal encontrou malas com R$ 51 milhões em espécie em um apartamento em Salvador (BA) associado a Geddel. A acusação é que Marluce disponibilizou o imóvel para guardar os valores em espécie. Segundo as investigações, havia indícios de que a família usava empresas para lavar dinheiro ilícito obtido por meio de desvio de recursos públicos.

Leia a íntegra na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email