Justiça derruba 2ª liminar que suspendia acordo Embraer-Boeing

Os episódios judiciais com relação ao acordo Boeing-Embraer continuam a se enfileirar; depois de idas e vindas, a Justiça Federal derrubou na madrugada deste sábado (22) a liminar que suspendia a negociação entre a brasileira Embraer e a americana Boeing; as tratativas estavam paralisadas desde o último dia 19 por ação movida por um sindicato de trabalhadores da Embraer; o embate judicial promete não ceder mesmo apos a transição de governo

Justiça derruba 2ª liminar que suspendia acordo Embraer-Boeing
Justiça derruba 2ª liminar que suspendia acordo Embraer-Boeing

247 - Os episódios judiciais com relação ao acordo Boeing-Embraer continuam a se enfileirar. Depois de idas e vindas, a Justiça Federal derrubou na madrugada deste sábado (22) a liminar que suspendia a negociação entre a brasileira Embraer e a americana Boeing. As tratativas estavam paralisadas desde o último dia 19 por ação movida por um sindicato de trabalhadores da Embraer. O embate judicial promete não ceder mesmo apos a transição de governo. 

A reportagem do portal G1 destaca que "os sindicalistas alegam que o negócio fere regras de mercado. Eles consideram que haveria uma incorporação da Embraer pela Boeing, e não apenas uma associação entre as empresas para um projeto específico. Já a AGU defende que a suspensão fere a livre iniciativa e configura intervenção estatal em acordos privados."

E acrescenta: "esta é a segunda vez que as negociações voltam a ser autorizadas após serem interrompidas. No último dia 10, o TRF3 suspendeu outra liminar que impedia o andamento das transações. Ela havia sido concedida pela 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, em ação movida por dois deputados federais."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247