Justiça determina retirada de grileiros de terra indígena no Pará

A Justiça Federal no Pará determinou a retirada de invasores da terra indígena Trincheira-Bacajá, no sudoeste do estado. O juiz Hallison Costa Glória deu um prazo de 7 dias para que os grileiros saiam da área, caso contrário, a força será usada.

247 - A Justiça Federal no Pará determinou a retirada de invasores da terra indígena Trincheira-Bacajá, no sudoeste do estado. O juiz Hallison Costa Glória deu um prazo de 7 dias para que os grileiros saiam da área, caso contrário, a força será usada. 

A reportagem do portal G1 destaca que "a área, que fica entre os municípios de Altamira e São Félix do Xingu e pertence aos índios Xikrin, é alvo de extração ilegal de madeira, grilagem e garimpo ilegal desde o ano passado."

A matéria ainda sublinha que "segundo a Justiça Federal, a liminar foi favorável a um pedido da Fundação Nacional do Índio (Funai), que questionava a presença de invasores na área de reserva indígena."

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247