Justiça liberta líder de movimento por moradia em São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo expediu na tarde de hoje (2) alvará de soltura de Angélica dos Santos Lima, umas das líderes dos movimentos de moradia do centro de São Paulo, presas desde 24 de junho.

MTST volta às ruas para pedir menos ódio e mais moradia
MTST volta às ruas para pedir menos ódio e mais moradia

Da Rede Brasil Atual - O Tribunal de Justiça de São Paulo expediu na tarde de hoje (2) alvará de soltura de Angélica dos Santos Lima, umas das líderes dos movimentos de moradia do centro de São Paulo, presas desde 24 de junho.

A decisão foi expedida às 17h19, depois do encerramento de expediente do departamento que cuida das medidas de liberação. “Infelizmente, a Angélica não sairá hoje, mas é uma alegria, a nossa companheira Angélica amanhã, nas primeiras horas, serão tomadas as medidas para colocá-la em liberdade”, disse há pouco o coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP) Raimundo Bonfim no ‘Seu Jornal‘, na TVT.

No pedido de habeas corpus, a defesa alegou que Angélica vinha sofrendo de “constrangimento ilegal”, por conta da ausência de requisitos para a prisão preventiva e postulou a substituição da prisão por medidas cautelares alternativas.

Em breve mais informações.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247