Justiça manda apreender celular de modelo que acusa Neymar de estupro

A Justiça despachou um mandado de busca e apreensão para o celular de Najila Trindade, a jovem que acusa Neymar de agressão e estupro; em depoimento, Najila havia afirmado que entregaria o dispositivo até 11 de junho, o que acabou não acontecendo; a não entrega fez com que a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher pedisse à Justiça o mandado de apreensão

Justiça manda apreender celular de modelo que acusa Neymar de estupro
Justiça manda apreender celular de modelo que acusa Neymar de estupro (Foto: Reprodução)

247 - A Justiça despachou um mandado de busca e apreensão para o celular de Najila Trindade, a jovem que acusa Neymar de agressão e estupro. Em depoimento, Najila havia afirmado que entregaria o dispositivo até 11 de junho, o que acabou não acontecendo. A não entrega fez com que a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher pedisse à Justiça o mandado de apreensão.

Segundo o site Antagonista, "o mandado se restringe ao endereço fixo informado pela modelo. Os investigadores já foram várias vezes ao local, mas ainda não conseguiram retirar o celular –há dias Najila não aparece no endereço."

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247