Kátia Abreu é cotada para substituir senador pego com dinheiro na cueca na vice-liderança do governo Bolsonaro

Candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes em 2018, a senadora Kátia Abreu (PP-TO) é vista como o nome do Centrão para ocupar o espaço deixado com a saída do senador Chico Rodrigues (DEM-RR)

Em discurso, à tribuna, senadora Kátia Abreu (PDT-TO).
Em discurso, à tribuna, senadora Kátia Abreu (PDT-TO). (Foto: Beto Barata/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A senadora Kátia Abreu (PP-TO) é o nome mais cotado para substituir o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado pela polícia Federal com dinheiro na cueca e entre as nádegas, na vice-liderança do governo de Jair Bolsonaro no Senado. 

Segundo a Folha de S. Paulo, a lacuna deixada com a saíde de Chico Rodrigues pode ser preenchida pelo Centrão. A facilidade com que a senadora circula entre parlamentares da oposição e da situação é colocada como principal vantagem da parlamentar.

Então no PDT, Kátia Abreu foi candidata a vice-presidente nas eleições de 2018, na chapa encabeçada por Ciro Gomes (PDT). 

“Que ela é ativa, com capacidade de argumentação todo mundo sabe. Não seria nenhuma surpresa [ela ser escolhida]. Se você perguntasse há seis meses sobre o centrão, nem o centrão estava próximo do governo”, disse à Folha o senador Esperidião Amin (PP-SC).

Pelo mesmo estado de Kátia Abreu, o senador Eduardo Gomes (MDB) ocupa o cargo de líder do governo no Congresso, enquanto o senador Fernando Bezerra (MDB-PE) é o líder do governo Bolsonaro no Senado. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247