Kátia Abreu pede que CNMP remova Dallagnol de comando da Lava Jato

Senadora Kátia Abreu (PDT-TO) pediu que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) promova a “remoção por interesse público” do procurador Deltan Dallagnol da coordenação da força-tarefa da Operação Lava Jato

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) ingressou junto ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) com um pedido de “remoção por interesse público” do procurador Deltan Dallagnol da coordenação da força-tarefa da Operação Lava Jato. 

Segundo reportagem da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a parlamentar “explora o revés imposto pelo Supremo a ele com a proibição de um fundo da Lava Jato com dinheiro recuperado da Petrobras e os questionamentos à remuneração obtida por Deltan ao longo da operação com a realização de palestras”. 

Na peça em que pede o afastamento de Dallagnol, Kátia diz que que o “presente pedido de remoção por interesse público não representa um ato de hostilidade à operação Lava Jato, mas sim uma medida que busca atender ao interesse público e conferir credibilidade à persecução penal conduzida pela força-tarefa”, além de “resguardar as condições de atuação minimamente isenta do Ministério Público enquanto instituição”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email