Kennedy: condenação sem provas reforça percepção de uma Justiça persecutória contra Lula

"Estão carregando nas tintas. Acho que é uma condenação controversa porque o Lula mais uma vez foi acusado de ser proprietário do sítio pelo Ministério Público, mas ele foi condenado por benfeitorias numa propriedade que ele frequentava", destacou o jornalista Kennedy Alencar

Kennedy: condenação sem provas reforça percepção de uma Justiça persecutória contra Lula
Kennedy: condenação sem provas reforça percepção de uma Justiça persecutória contra Lula

247 - O jornalista Kennedy Alencar fez uma análise sobre a segunda condenação do ex-presidente e Lula na Lava Jato. Em seu comentário na rádio CBN, o jornalista avalia que é uma pena "muito severa", que reforça uma percepção de uma justiça mais dura e persecutória em relação ao ex-presidente.

"São penas severas sem provas cabais de propriedade do sítio e do aparatamento", apontou o jornalista. "Ao meu ver estão carregando nas tintas. Acho que é uma condenação controversa porque o Lula mais uma vez foi acusado se ser proprietário do sítio pelo Ministério Público, mas ele foi condenado por benfeitorias numa propriedade que ele frequentava", destacou o jornalista.

Para ele, "é uma pena muito severa que reforça uma percepção de uma Justiça mais dura e persecutória em relação ao Lula".

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247