Kotscho: golpe implodiu PSDB/MDB e PT sobreviveu

"A 15 dias da eleição, só uma coisa já é certa: PSDB e MDB, os grandes partidos da aliança golpista de 2016, cevada pela Lava Jato e pela velha mídia, já estão fora do segundo turno, relegados ao bloco dos nanicos. E o PT de Lula, o principal alvo da operação para derrubar Dilma, sobreviveu com Fernando Haddad, na bica para ir ao segundo turno contra Jair Bolsonaro", avalia o jornalista Ricardo Kostcho

Kotscho: golpe implodiu PSDB/MDB e PT sobreviveu
Kotscho: golpe implodiu PSDB/MDB e PT sobreviveu (Foto: Filipe Araujo)

247 - "A 15 dias da eleição, só uma coisa já é certa: PSDB e MDB, os grandes partidos da aliança golpista de 2016, cevada pela Lava Jato e pela velha mídia, já estão fora do segundo turno, relegados ao bloco dos nanicos. E o PT de Lula, o principal alvo da operação para derrubar Dilma, sobreviveu com Fernando Haddad, na bica para ir ao segundo turno contra Jair Bolsonaro", avalia o jornalista Ricardo Kostcho neste sábado, 22. 

Segundo o jornalista, mesmo após sofrer um golpe e uma intensa campanha judicial e midiática, o PT não morreu e agora assiste de camarote à agonia dos seus algozes. "Lula sozinho deu um xeque-mate na elite brasileira, no carcomido establishment, que entronizou Michel Temer no Palácio do Planalto, e agora junta os cacos de um país dilacerado, quebrado, de volta ao passado de fome, miséria e desemprego", diz ele. 

"Ainda não dá para saber quem vai ganhar, mas já se sabe quem perdeu esta eleição. Entre a volta à ditadura militar de triste memória e o futuro das novas gerações, o país joga o seu destino nas urnas no próximo dia 7 de outubro", acrescenta. 

Leia o texto na íntegra no Balaio do Kotscho

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247