Kotscho: o povo que se dane. Brasil é cada vez mais o paraíso dos bilionários

Para o jornalista Ricardo Kotscho, "para quem vive de salário ou para os 12 milhões de desempregados sem salário nenhum, a vida está cada vez mais difícil. Mas para 43 cidadãos brasileiros (12 a mais do que em 2017) aqui é o paraíso na terra"; no Brasil, "apenas cinco indivíduos conseguiram juntar patrimônio igual ao de mais de 100 milhões de brasileiros", destaca ; "São estes ultrarricos que mandam no chamado "mercado", os donos do poder no mundo que elegem e derrubam governos, mas até agora não acharam um candidato para chamar de seu nas próximas eleições", avalia

Para o jornalista Ricardo Kotscho, "para quem vive de salário ou para os 12 milhões de desempregados sem salário nenhum, a vida está cada vez mais difícil. Mas para 43 cidadãos brasileiros (12 a mais do que em 2017) aqui é o paraíso na terra"; no Brasil, "apenas cinco indivíduos conseguiram juntar patrimônio igual ao de mais de 100 milhões de brasileiros", destaca ; "São estes ultrarricos que mandam no chamado "mercado", os donos do poder no mundo que elegem e derrubam governos, mas até agora não acharam um candidato para chamar de seu nas próximas eleições", avalia
Para o jornalista Ricardo Kotscho, "para quem vive de salário ou para os 12 milhões de desempregados sem salário nenhum, a vida está cada vez mais difícil. Mas para 43 cidadãos brasileiros (12 a mais do que em 2017) aqui é o paraíso na terra"; no Brasil, "apenas cinco indivíduos conseguiram juntar patrimônio igual ao de mais de 100 milhões de brasileiros", destaca ; "São estes ultrarricos que mandam no chamado "mercado", os donos do poder no mundo que elegem e derrubam governos, mas até agora não acharam um candidato para chamar de seu nas próximas eleições", avalia (Foto: Paulo Emílio)

247 - Para o jornalista Ricardo Kotscho, "para quem vive de salário ou para os 12 milhões de desempregados sem salário nenhum, a vida está cada vez mais difícil. Mas para 43 cidadãos brasileiros (12 a mais do que em 2017) aqui é o paraíso na terra: são os bilionários que ficam cada vez mais ricos, como revelou nesta segunda-feira o relatório global da ONG inglesa Oxfam".

"Cinco deles detém uma riqueza do mesmo tamanho de metade da população brasileira. É um dos maiores índices de desigualdade do mundo, que só tende a crescer com a atual política econômica do "governo das reformas". É isso mesmo: apenas cinco indivíduos conseguiram juntar patrimônio igual ao de mais de 100 milhões de brasileiros", destaca Kotscho.

Para Kotscho, "não é muito difícil explicar esta concentração de riqueza no Brasil, um país que taxa mais os mais pobres do que os que estão no topo da piramide, que são isentos de pagar impostos sobre lucros e dividendos desde o governo FHC. As grandes fortunas estão a salvo do leão", afirma.

"São estes ultrarricos que mandam no chamado "mercado", os donos do poder no mundo que elegem e derrubam governos, mas até agora não acharam um candidato para chamar de seu nas próximas eleições". avalia.

Leia a íntegra no Balaio do Kotscho

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247