Kotscho: para empresários de Bolsonaro, Ciro assume papel de Lula como inimigo

"Com Lula impedido de disputar a eleição, o pedetista Ciro Gomes, candidato da centro-esquerda, virou o inimigo público número um dessa turma da grana gorda que está muito preocupada com os destinos do Brasil", diz o jornalista Ricardo Kotscho

Kotscho: para empresários de Bolsonaro, Ciro assume papel de Lula como inimigo
Kotscho: para empresários de Bolsonaro, Ciro assume papel de Lula como inimigo (Foto: Dir.: embaixo (Fabio Pozzebom - ABR))

247 - "'Empresários aplaudem Bolsonaro e vaiam Ciro', resume a Folha desta quinta-feira", reforça o jornalista Ricardo Kotscho. "Com Lula impedido de disputar a eleição, o pedetista Ciro Gomes, candidato da centro-esquerda, virou o inimigo público número um dessa turma da grana gorda que está muito preocupada com os destinos do Brasil", complementa.

Segundo Kotscho, "Ciro também assusta porque defende uma reforma previdenciária que não é a deles e prometeu combater o esquartejamento da Petrobras e das reservas do pré-sal promovido pelo governo golpista".

O jornalista diz que, "em encontros reservados com banqueiros e outros representantes do 'mercado', este namoro entre a plutocracia e o troglodita boquirroto, já vinha acontecendo há algum tempo, a ponto de um deles me dizer que 'se ficarem Ciro e Bolsonaro no segundo turno, nós não só vamos apoiar como bancar a campanha do Bolsonaro'".

"Alguém ainda duvida disso? A apenas 94 dias do primeiro turno das eleições, Bolsonaro mantem-se firme na liderança das pesquisas sem Lula, estabilizado em 20% de intenções de voto, o que no momento lhe assegura um lugar no segundo turno", diz Kotscho. "

Leia a íntegra no Balaio do Kotscho

Ao vivo na TV 247 Youtube 247