Kotscho prevê PT versus PSDB no segundo turno

O jornalista Ricardo Kotscho afirma nesta terça-feira, 6, que o segundo turno das eleições presidenciais deste ano pode trazer novamente uma disputa entre PT e PSDB; "Pelo PSDB, Geraldo Alckmin finalmente está em campanha, depois do cancelamento das prévias do partido e, do lado do PT, a candidatura caminha para Fernando Haddad, depois de Jaques Wagner ser atropelado pela Polícia Federal", diz ele

O jornalista Ricardo Kotscho afirma nesta terça-feira, 6, que o segundo turno das eleições presidenciais deste ano pode trazer novamente uma disputa entre PT e PSDB; "Pelo PSDB, Geraldo Alckmin finalmente está em campanha, depois do cancelamento das prévias do partido e, do lado do PT, a candidatura caminha para Fernando Haddad, depois de Jaques Wagner ser atropelado pela Polícia Federal", diz ele
O jornalista Ricardo Kotscho afirma nesta terça-feira, 6, que o segundo turno das eleições presidenciais deste ano pode trazer novamente uma disputa entre PT e PSDB; "Pelo PSDB, Geraldo Alckmin finalmente está em campanha, depois do cancelamento das prévias do partido e, do lado do PT, a candidatura caminha para Fernando Haddad, depois de Jaques Wagner ser atropelado pela Polícia Federal", diz ele (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Ricardo Kotscho afirma nesta terça-feira, 6, que o segundo turno das eleições presidenciais deste ano pode trazer novamente uma disputa entre PT e PSDB. 

"Concordo com Lula e a colunista política Eliane Cantanhede que estes dias expressaram a mesma opinião sobre quem deve ir ao segundo turno em 2018. Embora ambos os partidos estejam severamente avariados pela Lava Jato, para eles, no fim, deve surgir uma nova disputa entre PT e PSDB, como tem acontecido no último quarto de século", diz ele. 

"Pensando bem, também não sobrou pedra sobre pedra dos outros partidos, que ou não têm candidatos competitivos ou carecem de estrutura nacional para enfrentar uma campanha. Pelo PSDB, Geraldo Alckmin finalmente está em campanha, depois do cancelamento das prévias do partido e, do lado do PT, a candidatura caminha para Fernando Haddad, depois de Jaques Wagner ser atropelado pela Polícia Federal", acrescenta Kotscho. 

Leia o texto na íntegra no Balaio do Kotscho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247