Lava Jato fez acordo para blindar Banco Safra de punições por negociata com doleiro Youssef

A força-tarefa da Operação Lava Jato arquivou em outubro último inquérito que investigava conduta suspeita do Banco Safra em empréstimo ao doleiro Alberto Youssef

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba arquivaram, em outubro último, um inquérito sob segredo de Justiça que investigava a suspeita de crime financeiro por funcionários do banco Safra. 

A informação é do jornal El País. O caso envolvia a concessão de um empréstimo milionário para uma empresa de fachada do doleiro Alberto Youssef em 2012, quando ele já havia sido condenado no caso Banestado e era considerado um "perfil de alto risco” para transações financeiras.

No documento sigiloso, analisado pelo jornal em parceria com o The Intercept Brasil, os procuradores concordam em encerrar o caso deixando de lado suspeitas que eles mesmos haviam levantado contra o banco em conversas pelo Telegram, obtidas pela reportagem.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247