Lava Jato segue 'independentemente de quem estiver no governo', diz procurador

Procurador Deltan Dallagnol afirmou que as investigações da Operação Lava Jato continuarão "independentemente de quem estiver no governo"., segundo ele; o Ministério Público é uma instituição de Estado e não de governo e "as investigações continuam como vinham ocorrendo até agora". Dallagnol disse, ainda, que "a investigação do caso Lava Jato é um caso de polícia, e não um caso de política"

O procurador da República Deltan Dallagnol, que integra o núcleo da Operação Lava Jato, participa de lançamento, no Rio, do projeto 10 Medidas Contra a Corrupção, do MPF (Vladimir Platonow/Repórter da Agência Brasil)
O procurador da República Deltan Dallagnol, que integra o núcleo da Operação Lava Jato, participa de lançamento, no Rio, do projeto 10 Medidas Contra a Corrupção, do MPF (Vladimir Platonow/Repórter da Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador Deltan Dallagnol afirmou que as investigações da Operação Lava Jato continuarão "independentemente de quem estiver no governo". Por meio de nota, ele afirmou que o Ministério Público é uma instituição de Estado e não de governo e que "as investigações continuam como vinham ocorrendo até agora". Segundo o porcurador, "a investigação do caso Lava Jato é um caso de polícia, e não um caso de política".

Para o procurador, os riscos à continuidade da Lava Jato continuam os mesmos de antes da votação da abertura d processo de impeachment pela Câmara dos Deputados neste domingo (17). "A operação acumula inimigos a cada dia em que o rol de investigados aumenta, e eles continuarão tentando minar as investigações, de modo ostensivo ou sorrateiro, qualquer que seja o governo. A nossa defesa é a sociedade", afirmou.

Outro procurador da Lava Jato, Carlos Fernando dos Santos Lima também afirmou, por meio de nota, que "as investigações não se resolvem com qualquer solução política".

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247