Líder do PSDB votará a favor de denúncia contra Temer

Ricardo Tripoli (SP), líder do PSDB na Câmara, usou suas redes sociais para avisar que votará pela admissibilidade da denúncia contra Michel Temer, acusado de corrupção passiva, na votação desta quarta na Câmara

Ricardo Tripoli
Ricardo Tripoli (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Portal Vermelho, com informações do Valor

Líder do PSDB na Câmara, o deputado Ricardo Tripoli (SP) usou as redes sociais, nesta terça (1), para expressar que votará pela admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer, acusado de corrupção passiva.

Na sua página no facebook, o tucano respondeu a comentários de internautas, que lhe cobravam um voto a favor de dar prosseguimento à análise da denúncia contra Temer. "Votarei pela admissibilidade", escreveu Trípoli, reiterando em outro comentário que votará "a favor da denúncia".

Diante da divisão dentro do partido, contudo, ele irá liberar a bancada para votar como quiser. "Há uma disputa entre os dois grupos sobre quem tem maioria, estimulada pelo silêncio de cerca de 20 deputados sobre a maneira que votarão", escreveu o Valor Econômico.

Segundo o jornal, dos 46 deputados do partido, dois devem se ausentar da votação, por questões familiares: Arthur Virgílio Bisneto (AM) e Eduardo Barbosa (MG). Numa manobra para angarair votos, o governo exonerará dois ministros tucanos para votarem a favor de Temer: Bruno Araújo e Antonio Imbassahy.

"Cada um tem seu interesse pessoal na próxima eleição. O candidato a deputado, o candidato a governador, o candidato a qualquer coisa. O que prevalece é o puro interesse pessoal. Não há nenhuma análise de interesse partidário e não há nenhuma análise de interesse do país", analisou o ex-governador de São Paulo e vice-presidente nacional do PSDB, Alberto Goldman, sobre a atual divisão do seu partido em torno do governo de Michel Temer.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247