Lindbergh: Palocci fez acordo com Moro para proteger a Globo?

Senador Lindbergh Farias questiona em vídeo, além do conteúdo, as circunstâncias do novo depoimento do ex-ministro Antônio Palocci ao juiz Sérgio Moro; ele observa que Palocci concentra sua fala exclusivamente em Lula e no PT, e "esquece" de falar sobre promessas que havia feito de delação ao próprio Moro anteriormente, sobre bancos e empresas de comunicação; para o senador, o ex-ministro fez "acordo" com Moro para proteger a Globo; "Nesse último depoimento sumiu qualquer referência a mercado financeiro, a bancos e a empresas de comunicação. Antes, ele estava falando da Globo. Agora, nesse último depoimento, foi só Lula, só PT, bem ao gosto do pessoal da Lava Jato", diz Lindbergh

Lindbergh Farias entrevista
Lindbergh Farias entrevista (Foto: Romulo Faro)

247 - Em vídeo publicado na sua página no Facebook, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) questiona, além do conteúdo, as circunstâncias do novo depoimento do ex-ministro Antônio Palocci ao juiz Sérgio Moro. Lindbergh observa que Palocci concentra sua fala exclusivamente em Lula e no PT, e "esquece" de falar sobre promessas que havia feito de delação ao próprio Moro anteriormente, sobre bancos e empresas de comunicação.

Para o senador, o ex-ministro fez "acordo" com Moro para proteger a Globo. 

"Nesse último depoimento sumiu qualquer referência a mercado financeiro, a bancos e a empresas de comunicação. Porque no depoimento anterior ao juiz Sérgio Moro, ele disse que tinha muitas histórias para contar. Falou de empresas de comunicação que foram salvas pelo governo. É claro que ele estava falando da Globo. Em todos os momentos, Moro interferia, tentava mudar o foco. Agora, nesse último depoimento, foi só Lula, só PT, bem ao gosto do pessoal da Lava Jato", diz o senador.

Lindbergh estranha ainda o momento em que acontece o novo depoimento de Palocci.

"Agora, chama atenção o momento em que acontece o depoimento do Palocci: logo depois da caravana pelo nordeste, uma caravana maravilhosa, que mobilizou milhares de pessoas que queriam escutar o Lula. E na véspera de um novo depoimento, porque Lula vai de novo a Curitiba na quarta-feira (13) prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro. E num moimento em que a PGR tem que dar explicações", diz o senador.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247