Luis Felipe Miguel: anormal foi PT nem PSDB terem revogado a Lei de Segurança Nacional

Cientista político avalia ser "normal" o discurso partir de Bolsonaro como ameaça ao ex-presidente Lula. "Anormal é que em 8 anos de governo 'civilizador' do PSDB e em 13 de governo 'progressista' do PT ninguém tenha se preocupado em revogar a LS"

(Foto: Foto: reprodução)

247 - O cientista político e professor da UnB Luis Felipe Miguel comentou a ameaça de Jair Bolsonaro ao ex-presidente Lula por meio do uso da Lei de Segurança Nacional e cobrou PT e PSDB por não ter revogado a Lei durante seus governos.

"Biroliro ameaça enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional pelo discurso pedindo que o Brasil se inspire no Chile. Normal, vindo dele.  Anormal é que em 8 anos de governo "civilizador" do PSDB e em 13 de governo "progressista" do PT ninguém tenha se preocupado em revogar a LSN", postou no Twitter.

Temendo a movimentação de Lula pelo Brasil denunciando o desmonte do estado, Bolsonaro disse que a Lei de Segurança Nacional "está aí para ser usada" contra ele. "Alguns acham que os pronunciamentos, as falas desse elemento, que por ora está solto, infringem a lei", disse Bolsonaro em entrevista ao site O Antagonista.

Lideranças da oposição, como o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), reagiram à ameaça de Bolsonaro.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247