Luis Felipe Miguel defende mobilização nacional contra o arbítrio na UFSC

"Uma vez que a situação é emergencial e não dá tempo para uma ação mais articulada, propomos que, na semana que vem, todos os professores das universidades brasileiras dediquem 15 minutos no início de suas aulas para expor, denunciar e discutir a escalada do arbítrio na UFSC", diz o cientista político Luis Felipe Miguel

Luis Felipe Miguel defende mobilização nacional contra o arbítrio na UFSC
Luis Felipe Miguel defende mobilização nacional contra o arbítrio na UFSC

Por Luis Felipe Miguel, em seu Facebook

Uma vez que a situação é emergencial e não dá tempo para uma ação mais articulada, propomos que, na semana que vem, todos os professores das universidades brasileiras dediquem 15 minutos no início de suas aulas para expor, denunciar e discutir a escalada do arbítrio na Universidade Federal de Santa Catarina. Lá, o atual reitor e seu chefe de gabinete estão ameaçados com oito meses de prisão por não terem reprimido manifestações de denúncia ao abuso de autoridade policial que levou à morte do então reitor Luiz Carlos Cancellier.

Precisamos nos mobilizar em defesa da liberdade de expressão e da autonomia universitária.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247