Luís Felipe Miguel: “direita brasileira vive de mistificações”

o Doutor em Ciências Sociais da Unicamp, Luis Felipe Miguel rebate afirmação de coordenador da campanha de Bolsonaro, Frederico D'Ávila, de que o nazismo foi movimento de esquerda: "Se 'esquerda' e 'direita' são conceitos com algum significado, não palavras vazias, a declaração do tal Frederico d'Ávila só pode ser contabilizada como estupidez ou má fé", diz

o Doutor em Ciências Sociais da Unicamp, Luis Felipe Miguel rebate afirmação de coordenador da campanha de Bolsonaro, Frederico D'Ávila, de que o nazismo foi movimento de esquerda: "Se 'esquerda' e 'direita' são conceitos com algum significado, não palavras vazias, a declaração do tal Frederico d'Ávila só pode ser contabilizada como estupidez ou má fé", diz
o Doutor em Ciências Sociais da Unicamp, Luis Felipe Miguel rebate afirmação de coordenador da campanha de Bolsonaro, Frederico D'Ávila, de que o nazismo foi movimento de esquerda: "Se 'esquerda' e 'direita' são conceitos com algum significado, não palavras vazias, a declaração do tal Frederico d'Ávila só pode ser contabilizada como estupidez ou má fé", diz (Foto: Paulo Emílio)

247 - Em artigo no GGN, o Doutor em Ciências Sociais da Unicamp, Luis Felipe Miguel rebate afirmação de coordenador da campanha de Bolsonaro, Frederico D'Ávila na entrevista de Manuela D'Ávila (PCdoB) ao Roda Viva, da TV Cultura, de que o nazismo foi movimento de esquerda: "Em todo esse percurso, não surge uma única brecha para caracterizar o fascismo como de esquerda. Se 'esquerda' e 'direita' são conceitos com algum significado, não palavras vazias, a declaração do tal Frederico d'Ávila só pode ser contabilizada como estupidez ou má fé (eu marco um duplo). É por isso que todo - e todo é todo mesmo, sem exceção - o estudo da história e da ciência política identificam o fascismo como sendo extrema-direita. Os direitistas honestos (que existem, embora escasseiem no Brasil) não refutam esta constatação. (..) Mas ter esta honestidade já representa uma abertura para o verdadeiro debate político. E a direita brasileira vive de mistificações e foge do debate o quanto pode, já que defender a desigualdade e a injustiça num país como o nosso é realmente tarefa inglória".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247