Lula aos catadores: acharam que iam nos separar no Natal, se enganaram

Em carta aos catadores de material reciclável, com quem passou o Natal em todos os anos de seu governo, o ex-presidente Lula transmite uma mensagem de incentivo e pede para que não deixem o preconceito 'machucá-los'; ele diz ainda ter tido orgulho de ter governado para os pobres e destaca a injustiça de sua prisão; assista à leitura da carta

Lula aos catadores: acharam que iam nos separar no Natal, se enganaram
Lula aos catadores: acharam que iam nos separar no Natal, se enganaram (Foto: Eduardo Matysiak)

247 - Em carta aos integrantes do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, com quem passou o Natal em todos os anos de seu governo, o ex-presidente Lula transmite uma mensagem de incentivo e pede para que não deixem o preconceito 'machucá-los'. Ele diz ainda na carta, lida por um dos catadores, ter tido orgulho de ter governado para os pobres e destaca a injustiça de sua prisão.

"Não baixem a cabeça jamais. O trabalho de vocês é tão importante quando de um médico, engenheiro, advogado. Muito digno e faz um bem a essa sociedade que produz tanto lixo no meio ambiente. Não deixem o preconceito deles machucar vocês. O preconceito é uma doença. Gente preconceituosa, que cultiva o ódio, é gente doente. Não vamos nos deixar contaminar por essa doença", diz Lula.

O ex-presidente diz que "acharam", em referência aos responsáveis por sua prisão, que iam separá-lo dos catadores este ano. "Se enganaram. Eu estive com vocês antes de ser presidente, enquanto fui presidente, depois de ter sido presidente, estou hoje e estarei sempre", declarou.

Inscreva-se na TV 247 e assista à leitura da carta:

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247