Lula contesta Janot: suposições sem qualquer prova

O ex-presidente Lula emitiu nota na noite desta terça-feira (3), na qual contesta a denúncia apresentada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra ele ao Supremo Tribunal Federal; "A peça apresentada pelo Procurador-Geral da República indica apenas suposições e hipóteses sem qualquer valor de prova. Trata-se de uma antecipação de juízo, ofensiva e inaceitável, com base unicamente na palavra de um criminoso", diz a nota da assessoria do ex-presidente; o texto ressalta que Lula "não participou nem direta nem indiretamente de qualquer dos fatos investigados na Operação Lava Jato"; a nota ainda afirma que "nos últimos anos, Lula é alvo de verdadeira devassa" e que ele não teme investigações

O ex-presidente Lula emitiu nota na noite desta terça-feira (3), na qual contesta a denúncia apresentada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra ele ao Supremo Tribunal Federal; "A peça apresentada pelo Procurador-Geral da República indica apenas suposições e hipóteses sem qualquer valor de prova. Trata-se de uma antecipação de juízo, ofensiva e inaceitável, com base unicamente na palavra de um criminoso", diz a nota da assessoria do ex-presidente; o texto ressalta que Lula "não participou nem direta nem indiretamente de qualquer dos fatos investigados na Operação Lava Jato"; a nota ainda afirma que "nos últimos anos, Lula é alvo de verdadeira devassa" e que ele não teme investigações
O ex-presidente Lula emitiu nota na noite desta terça-feira (3), na qual contesta a denúncia apresentada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra ele ao Supremo Tribunal Federal; "A peça apresentada pelo Procurador-Geral da República indica apenas suposições e hipóteses sem qualquer valor de prova. Trata-se de uma antecipação de juízo, ofensiva e inaceitável, com base unicamente na palavra de um criminoso", diz a nota da assessoria do ex-presidente; o texto ressalta que Lula "não participou nem direta nem indiretamente de qualquer dos fatos investigados na Operação Lava Jato"; a nota ainda afirma que "nos últimos anos, Lula é alvo de verdadeira devassa" e que ele não teme investigações (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula emitiu nota na noite desta terça-feira (3), na qual contesta a denúncia apresentada pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra ele ao Supremo Tribunal Federal.
 
"A peça apresentada pelo Procurador-Geral da República indica apenas suposições e hipóteses sem qualquer valor de prova. Trata-se de uma antecipação de juízo, ofensiva e inaceitável, com base unicamente na palavra de um criminoso", diz a nota da assessoria do ex-presidente.
 
O texto ressalta que Lula "não participou nem direta nem indiretamente de qualquer dos fatos investigados na Operação Lava Jato".
 
A nota ainda afirma que "nos últimos anos, Lula é alvo de verdadeira devassa". "Suas atividades, palestras, viagens, contas bancarias, absolutamente tudo foi investigado, e nada foi encontrado de ilegal ou irregular. Lula sempre colaborou com as autoridades no esclarecimento da verdade, inclusive prestando esclarecimentos à Procuradoria-Geral da República", ressalta.
 
"O ex-presidente Lula não deve e não teme investigações", completa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247