Lula defende a paz entre Azerbaijão e a Armênia: "maiores vítimas são sempre os civis"

“Espero que as partes possam encontrar uma solução pelo diálogo com base nas resoluções da ONU”, afirmou o ex-presidente Lula em publicação no Twitter, nesta terça-feira, 20

Conflito entre Azerbaijão e Armênia, e Lula
Conflito entre Azerbaijão e Armênia, e Lula (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula defendeu a paz entre o Azerbaijão e a Armênia, que estão em conflito militar há semanas na região fronteiriça Nagorno Karabakh. Para o ex-presidente petistas, “é importante a paz e o respeito ao cessar-fogo” pelos dois países.

“As maiores vítimas das guerras são sempre os civis, os mais vulneráveis”, afirmou em publicação no Twitter, nesta terça-feira, 20. “Espero que as partes possam encontrar uma solução pelo diálogo com base nas resoluções da ONU e nos princípios da Carta”, concluiu.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247