Lula defende reeducação do povo brasileiro contra o fascismo e Marcia Tiburi avisa: vai demorar décadas

Após o ex-presidente Lula alertar sobre as consequências do discurso de ódio de Jair Bolsonaro, a filósofa Marcia Tiburi avisou que o processo de reeducação da sociedade brasileira, para se libertar do fascismo, poderá durar muito tempo

Marcia Tiburi e Lula
Marcia Tiburi e Lula (Foto: Mídia NINJA | Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um importante alerta na entrevista que concedeu à revista Fórum, nesta sexta-feira, e nas suas redes sociais. “O povo sabia que o Bolsonaro não gostava de preto e votou nele mesmo assim. Sabiam que ele não gostava de mulher e votaram mesmo assim... Temos que conversar com as pessoas que embarcaram no discurso do Bolsonaro e tentar reeducá-las. Trazer elas de volta pra democracia”, postou Lula.

Ao ver o comentário, a escritora e filósofa Marcia Tiburi, autora do livro “Como conversar com um fascista”, fez um alerta: isso vai levar muito tempo. “Um imenso projeto de educação e cultura que vai demorar décadas ou séculos para vingar... A guerra cultural anticivilizatória venceu até agora. Bolsonaro é o efeito de uma catastrófica história de autoritarismo e ressentimento. O ovo da serpente chocado na ditadura”, anotou a professora.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email