Lula descarta presença no ato da CUT

Ex-presidente Lula voltou atrás para não vincular sua imagem a atos contra as medidas do governo; recentemente, o presidente da CUT, Vagner Freitas disse que as manifestações marcadas para o dia 13 de março não serão ato pró-Dilma: "Estamos preocupados com as medidas econômicas do governo. Somos contra as medidas de ajuste fiscal, mas não engrossamos nenhum tipo de golpismo"

Ex-presidente Lula voltou atrás para não vincular sua imagem a atos contra as medidas do governo; recentemente, o presidente da CUT, Vagner Freitas disse que as manifestações marcadas para o dia 13 de março não serão ato pró-Dilma: "Estamos preocupados com as medidas econômicas do governo. Somos contra as medidas de ajuste fiscal, mas não engrossamos nenhum tipo de golpismo"
Ex-presidente Lula voltou atrás para não vincular sua imagem a atos contra as medidas do governo; recentemente, o presidente da CUT, Vagner Freitas disse que as manifestações marcadas para o dia 13 de março não serão ato pró-Dilma: "Estamos preocupados com as medidas econômicas do governo. Somos contra as medidas de ajuste fiscal, mas não engrossamos nenhum tipo de golpismo" (Foto: Roberta Namour)

247 – O ex-presidente Lula não vai participar do novo ato organizado por movimentos sociais, para do dia 13 de março. “Se me convidar, eu vou participar”, dissera Lula ao presidente da CUT, Vagner Freitas, em ato de defesa da Petrobras, no Rio de Janeiro. Mas ele teria mudado de ideia para não vincular sua imagem a manifestações contra as medidas do governo Dilma.

Recentemente, Freitas disse que as manifestações marcadas não serão ato pró-Dilma: "Estamos preocupados com as medidas econômicas do governo. Somos contra as medidas de ajuste fiscal, mas não engrossamos nenhum tipo de golpismo", disse o dirigente.

Dois dias depois, a oposição convocou pelas redes sociais um protesto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Leia aqui reportagem de Cristiane Agostine sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247