Lula diz estar preocupado com defesa de intervenção militar feita por general

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a interlocutores que está preocupado com as declarações do general Antonio Hamilton Martins Mourão em defesa de uma intervenção miliar para conter a crise institucional e política do país; Lula teria dito que é preciso que a sociedade civil "tome as rédeas" para assegurar o processo democrático; segundo participantes de uma reunião da direção do PT, Lula também teria dito que a fala do general vai de encontro a democracia

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a interlocutores que está preocupado com as declarações do general Antonio Hamilton Martins Mourão em defesa de uma intervenção miliar para conter a crise institucional e política do país; Lula teria dito que é preciso que a sociedade civil "tome as rédeas" para assegurar o processo democrático; segundo participantes de uma reunião da direção do PT, Lula também teria dito que a fala do general vai de encontro a democracia
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a interlocutores que está preocupado com as declarações do general Antonio Hamilton Martins Mourão em defesa de uma intervenção miliar para conter a crise institucional e política do país; Lula teria dito que é preciso que a sociedade civil "tome as rédeas" para assegurar o processo democrático; segundo participantes de uma reunião da direção do PT, Lula também teria dito que a fala do general vai de encontro a democracia (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a interlocutores que está preocupado com as declarações do general Antonio Hamilton Martins Mourão em defesa de uma intervenção miliar para conter a crise institucional e política do país. Lula teria dito que é preciso que a sociedade civil "tome as rédeas" para assegurar o processo democrático. Segundo participantes de uma reunião da direção do PT, Lula também teria dito que a fala do general vai de encontro a democracia.

Na última sexta-feira (15), Mourão, que exerce o cargo de secretário de Economia e Finanças do Exército, defendeu que a instituição militar intervenha caso o Poder Judiciário não consiga resolver a crise política derivada dos escândalos de corrupção

Segundo a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hofmann (SC), Lula "ficou preocupado" com as declarações feitas pelo general. "[Lula disse que] A sociedade civil tem que tomar as rédeas do processo e garantir a democracia. Ele ficou preocupado com a fala do Mourão",afirmou.

"As instituições que nós temos precisam caminhar para garantir a democracia. Se há crise política, tem que ser resolvida institucionalmente, pelos meios normais", completou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247