Lula diz que Bolsonaro caminha para ditadura e cobra abertura de impeachment

Ex-presidente diz que Bolsonaro trabalha com a ideia de endurecer cada vez mais. "Espero que o presidente da Câmara coloque o impeachment em votação. Porque o Brasil não aguenta três meses do jeito que está sendo governado", disse Lula

Lula e Jair Bolsonaro
Lula e Jair Bolsonaro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira, 12, acreditar que Jair Bolsonaro caminha para uma ditadura aberta. 

"Acho que o Bolsonaro trabalha com a ideia de endurecer cada vez mais, de um governo autoritário. Espero que o presidente da Câmara coloque o impeachment em votação. Porque o Brasil não aguenta três meses do jeito que está sendo governado", escreveu Lula no Twitter. 

Lula disse que Bolsonaro ofende as mulheres, os negros, os indígenas, o STF, a Câmara, o Senado, a ONU, e a OMS. "Eu nunca vi o Brasil ser governado por alguém tão ignorante. As únicas instituições que ele respeita são os filhos dele e os milicianos que ele criou", diz ele. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247